A festa dos 3 anos da C. - como organizar uma festa

A C. fez anos na quarta-feira, dia 17 de Julho, e ontem foi dia de festejar os 3 anos com os amigos mais chegados. Um dia também especial, que foi pensado para que a C. e os seus amigos se divertissem o mais possível.

Para preparar uma festa de anos para as nossas crianças há coisas que não podem faltar:

1. O tema - Tea party no castelo das princesas

Aconselho a deixarem-se levar por aquilo que as crianças mais gostam. No meu caso a C. é fã de dar comida aos bonecos, de brincar com os sets de chá da Imaginarium e de princesas. Aproveitei o meu Pinterest para guardar as imagens que mais gostei e me inspiraram.



2. O convite - o ideal será enviar os convites com duas semanas de antecedência

Neste caso, depois de definir o tema podem pensar no convite da festa, que pode passar por uma fotografia da criança que nós gostemos ou um desenho que ilustre/tenha apontamentos do tema.



3. Escolher o bolo - geralmente ilustra ou complementa o tema da festa e por isso tem lugar de destaque em qualquer mesa de festa

Hoje em dia o Google e o Pinterest facilitam-nos a vida!! Basta pesquisar com as palavras-chave e surgem centenas de imagens onde nos podemos inspirar. Em seguida, o ideal será encomendar o bolo em pastelarias/fábricas/cake-designers de confiança, que não vos deixem ficar mal.



4. Delinear as atividades para as crianças

As atividades podem ser preparadas por nós ou com a ajuda de pessoas/empresas especializadas, como a Terra do Nunca. Desde o Lisbon Kids Market que não quero outra coisa ;) O importante é que as crianças estejam entretidas, se divirtam e possam brincar e fazer coisas que habitualmente não conseguimos proporcionar-lhes.



5. Pensar no catering

Imagino que muitas saibam que as crianças pouco ou nada comem nas festas de anos. Brincar, correr e saltar são o alimento para muitas delas, e por isso é frequente serem os crescidos a degustar o que foi preparado para os mais novos. Mas claro que não é por isso que não vamos ter nada que possam/gostem de comer. O catering pode ser organizado e preparado por nós, ou por pessoas/empresas, ou até ambas. Este ano, a ementa da festa da C. foi a seguinte:

Mesa das crianças
Bolo de anos
Cupcakes de chocolate com glacé e cantlily
Salame de chocolate
Mini-croissants com queijo e fiambre
Biscoitos
Brigadeiros
Cheesecake de morangos
Pipocas doces
Batatas fritas
Croquetes em bola
Gomas e marshmallows
M&m´s 

Mesa dos adultos
Folhado de espinafres e alheira
Quiche de atum e alho francês
Croquetes, rissóis de camarão e
 almofadinhas de carne
Espetadas de tomate com mozarela
Queijos variados e compotas
Pipocas salgadas



6. A decoração

Parece ser o menos importante, mas quando está bem feita faz toda a diferença! Aliás, é como em tudo, mesmo na decoração da casa, do escritório e a forma como nos vestimos, o sentido estético apesar de não ser essencial é um complemento para mim muito importante. Desde pequena que ligo muito à beleza das coisas, e à medida que fui crescendo tive de aprender a relativizar isso. Quando estou na dúvida do que ei-de escolher, desde loiça, um electrodoméstico, um objeto de uso pessoal, roupa, o que seja, o que apela mais ao meu sentido estético acaba por ganhar. Sei que há pessoas para as quais o sentido prático é o mais importante, mas o que interessa é que haja um equilíbrio e que sejamos todos felizes, não acham?



7. Fotografias - para registar os momentos chave da festa

Uma festa de anos não é um casamento ou um baptizado, especialmente porque acontece mais do que uma vez na vida. De qualquer forma, dos 365 dias do ano muitos pais quase não tiram fotografias aos filhos, e as que tiram são geralmente com os iPhones, iPads ou outro engenho do género. Resultado: fotos giras mas com qualidade que nem sempre é a melhor, já para não falar de que as crianças se mexem e a maioria das máquinas destes aparelhos não estão preparadas para isso. Assim sendo, não fará sentido registar os momentos principais do dia de anos dos nossos filhos com boas fotografias?
Um fotógrafo profissional será à partida a melhor solução porque o trabalho final é seguramente melhor, mas de qualquer forma nós e os nossos amigos ou família podemos também ocupar esse papel caso seja necessário.



8- Saquinhos da festa

Um clássico das festas das crianças que não me lembro de existir na minha infância ;) Uma ideia seguramente importada mas que tem a sua graça e não tem que ter apenas doces. Aliás, hoje em dia, com a apologia da alimentação saudável, cada vez há mais alimentos saudáveis nas festas das crianças e dos crescidos, o que é ótimo!! Geralmente gosto de incluir um brinquedo ou dois nos saquinhos, que também pode ser no formato caixa, nomeadamente as línguas da sogra (aquelas coisas que se sopram e apitam tipo corneta) e um carro para os rapazes ou mini-boneca para as meninas.

Depois da festa há que arrumar, limpar e d-e-s-c-a-n-s-a-r!!!


2 comentários :

  1. Muitos parabéns a ambas Filipa. A M., este ano, também teve doente no dia de aniversário, mas mesmo assim foi uma festa muito divertida.

    Já tinha feito um post sobre organização de festas, as leitoras do seu blog podem complementar a informação deste seu post com este

    http://perfect-home.blogspot.pt/2013/01/organizar-uma-festa-de-aniversario-para.html

    Beijinhos
    Inês Pereira

    ResponderEliminar
  2. Olá Inês, muito obrigada! Vou ver o post ;)
    Um beijinho

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!