Uma visita ao jardim zoológico com um significado muito especial

Hoje foi dia de ir ao Jardim Zoológico de Lisboa, um passeio obrigatório para qualquer criança e daqueles que se repetem com todo o gosto. Lembro-me da primeira vez que o S. foi ao zoo de Lisboa, tinha a C. pouco mais de 2 meses (e por isso ficou em casa) e adorou, claro! A primeira vez da C. também foi com 2 anos, que é na minha opinião a idade certa para eles começarem a achar graça e a ter alguma noção do que estão a ver, se bem que mesmo mais novos adoram.
Desta vez, o que a C. e o S. mais gostaram foi mesmo dos golfinhos, uma apresentação que imagino que todos conheçam - Baía dos Golfinhos. É inevitável não gostar deles e das focas, fazem coisas giríssimas com os seus treinadores, saltam e a música/palmas ajudam a marcar o ritmo.
No top 3, a seguir aos golfinhos, vêm as girafas e os macacos, sendo que desta vez a visita aos macacos teve um significado especial. No seguimento deste post, em que falo da adoração/relação de dependência da C. pela chucha, quando entrámos no jardim zoológico eu disse à C. que tinha de tirar a chucha porque senão os animais pequeninos tiravam-lhe a chucha e ela nunca mais a via. Expliquei que os animais bebés também gostavam de chuchas mas os pais não lhes podiam comprar e por isso quando viam meninos com chuchas tiravam-lhes. A explicação serviu durante umas horas, mas no final da manhã, a insistência era tal que acabei por lhe dar a chucha. Já bem depois de vermos quase todo o zoo e prestes a ir embora, faltava ver apenas os tigres, a C. diz-me que quer ir ver outra vez os macacos que tinham a cara encarnada (estão na Aldeia dos Macacos) e lá fomos. De repente, a C. agarra na chucha que tinha na boca e atira lá para dentro!!!! Começou-se a rir e disse que queria dar a chucha aos macacos bebés!! A sensação foi um misto de emoções. Felicidade por a C. ter sido tão corajosa e a pensar "será que é desta?! temos de aproveitar", meio em pânico a pensar, "e agora, como é que vai ser?! não sei se vai correr bem" e a C. a achar o máximo a ideia. Já à saída do zoo, a C. disse que queria a chucha, ao que eu lhe respondi que já não tinha nenhuma porque tinha dado ao macaco bebé. Começou a chorar, a chorar, e assim continuou durante quase uma hora! Foi aí que pensei "não vai ser capaz! e agora, voltar atrás é pior ainda!". Acabou por sossegar com muita conversa e o facto de termos ido almoçar com a tia S., o tio J. e os amigos ajudou a ultrapassar esta situação. Ao final do dia fomos escolher o presente que os macacos bebés queriam oferecer à C. e o resultado final foi a Lãzinha, da Dra. Brinquedos :)
Resumindo a primeira noite: pediu a chucha quando se deitou, choramingou e demorou a adormecer, acordou às 3h30 a chorar e assim ficou meia hora. Voltou a adormecer e só acordou às 8h30 sem falar mais no assunto.
Vamos ver como vai correr, mas estou super orgulhosa para já, a C. está uma crescida!



































Para seguir o blog My happy kids no Facebook é AQUI e no Instagram AQUI.

1 comentário :

  1. Tão giro!! este mês vamos fazer o mesmo com a Teresinha!! (mas noutro zoo) estou super entusiasmada! :)

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!