BabyBubble

Fiquei apaixonada pela BabyBubble assim que ouvi falar no conceito. Imaginem interiores para bebés recém-nascidos que os protegem contra infeções bacterianas, impedindo o desenvolvimento e propagação das bactérias. Demais, não acham? Pode parecer exagero mas, se pensarmos que nos primeiros dias de vida as defesas dos bebés são reduzidas e que por isso eles ficam muito mais vulneráveis a contrair infeções e alergias, faz todo o sentido. Mesmo com as lavagens a altas temperaturas, nem sempre esses microorganismos são eliminados no caso dos tecidos "normais", de maneira que os BabyBubble são uma solução ótima.
Agora perguntam vocês o mesmo que eu perguntei: mas o que é os BabyBubble têm de diferente? Basicamente são têxteis funcionais que criam uma esfera de proteção para os bebés, reduzindo assim de forma significativa o risco de infeções e alergias. Esta tecnologia antibacteriana é mundialmente reconhecida e reduz em 90% o risco de contaminação cruzada.
Os BabyBubble existem em formato body, babygrow, calças com pé e conjunto de gorro + luvas. Eu tenho os três primeiros e posso dizer-vos que o algodão é assim do mais suave e delicado que já alguma vez toquei, mas ao mesmo tempo parece resistente, não é aquele muito fininho. Existe em tamanho prematuro (adoro esta parte porque não gosto de ver os bebés com roupa a sobrar) e recém-nascido. Não tem etiquetas no interior (coisa que temos sempre de tirar para evitar frições na pele dos nossos babies) e a função anti-bacteriana não desaparece com as lavagens. Podem encontrar à venda nas lojas KNOT.


*

Podem seguir-nos no Instagram em @myhappykids.


Cheirinho a bebé

A preparação da chegada de um bebé não está finalizada enquanto não tivermos os produtos de higiene que vamos utilizar e por isso mesmo a mala de maternidade e o quarto do baby Vicente já estão equipados com a linha que escolhi. Desta vez a escolha não foi difícil, bastou continuar a confiar na marca que usei no Salvador e na Carminho e que adorei. A qualidade, a confiança e o cheirinho a bebé foram o que mais me seduziu desde o início na Uriage, para além das referências de várias amigas que usavam nos filhos e não queriam outra coisa.
A higiene diária cá em casa ainda se faz com a primeira água da Uriage, seja para limpar a cara, colocar no cabelo ou até um pouco na roupa por causa do cheirinho a bebé delicioso. A Carminho gosta particularmente de se pentear a seguir ao banho com esta água e de colocar um pouco num algodão e usar na cara, para me imitar quando me desmaquilho J
No necessaire do Vicente já coloquei aquele que considero o kit essencial para os dias na maternidade: toalhetes (Uriage 1ère Eau toalhetes de limpeza extra suaves) e creme barreira (Uriage 1er Change) para a mudança da fralda, creme lavante (Uriage Crème Lavante) para usar no banho e hidratante (Uriage 1er Lait hydratant) para depois, soro fisiológico (Uriage Isophy) em monodoses para os olhos e a primeira água (Uriage 1ère Eau) para limpar e dar cheirinho. Cá em casa tenho ainda o perfume (Uriage 1ère Senteur) que é uma delícia, perfeito para perfumar o quarto e as roupas, o primeiro shampô (Uriage 1ère Shampooing), entre outros. Para que possam conhecer melhor a linha e saber o que escolher e para que serve aqui vai uma ajuda.



*

Podem seguir-nos no Instagram em @myhappykids.


Tendências em tons caqui

Falei-vos aqui daquilo que se vai usar no panorama infantil esta estação Outono-Inverno, mas hoje o tema é outro, ou melhor, dirige-se a nós, mulheres, mães, que gostam de estar na moda. Uma das coleções que me deixou a suspirar foi a de Isabel Marant, com propostas prêt-à-porter que me via a usar não só no dia-a-dia mas também numa ou noutra saída. Adoro as calças em lã, são fantásticas, já para não falar da saia e da camisola com lantejoulas num padrão meio camuflado.
Agora que a gravidez está na reta final, já começo a querer usar aquelas peças de cintura mais subida, que ficaram de parte nos últimos meses. Ir às compras nesta fase pode ser um desafio, mas eu não dispenso, já que nas próximas semanas o tempo vai ser ditado pelo Vicente. Benditas compras online ;)



*

Podem seguir-nos no Instagram em @myhappykids.


Vencedores Giveaway Tuc Tuc

Um giveaway de regresso às aulas com muitas frases/pequenos textos bem divertidos. Os 5 vencedores dos relógios Tuc Tuc são:

Ana Margarida Rodrigues
Horas do meu tempo passem devagarinho,
que eu tenho sono e não quero acordar,
mas o despertador toca baixinho,
Já são horas de me levantar,
Preparado para a escola já estou,
Lá vou eu pronto para estudar,
O relógio TUC TUC não tenho,
Será que este vou ganhar?

Sónia Dias
Fico acordada, o tic tac a ouvir, 
estou ansiosa para o dia vir!
Amanhã e depois serão dias importantes, 
para a escola vou, aprender a ser "grande"!
Mas aí que as horas não passam, 
e ansiosa fico, 
tuc tuc do coração
tic tac do relógio, 
a mamã vem e com um beijinho me sossega,
o soninho chega e para o vale dos sonhos vou
sonhar com os amigos que na escola me esperam!

Gisela Rodrigues
Sou pequenino e travesso
mas das horas nunca me esqueço.
Hora de acordar, hora de deitar,
hora de mimo e de muito brincar.
Sou pequenino e travesso,
e um relogio Tuc Tuc eu mereço.

Paulo Sousa
(T)UC, TUC
(U)m leque generoso de segundos de amor
(C)om minutos infindáveis de carinho!
(T)UC,TUC
(U) menino que está cada vez maior
(C)om horas e horas de muito miminho!

Glória Ferreira
Ver as Horas agora é pura Alegria com os Relógios TUC TUC é Arte, Cor e Magia.

Parabéns! Aguardo o vosso contacto através do email filipacortezfaria@gmail.com.

Vencedora do giveaway Bra&Company

Um giveaway dirigido em particular para as grávidas e recém-mamãs que já terminou e a vencedora já foi apurada:

Rafaela Matos

Muitos Parabéns! Aguardo o seu contacto através do email filipacortezfaria@gmail.com.


Mais espaço

A menos de duas semanas do nascimento do Vicente já estamos todos em contagem decrescente e ansiosos por conhecê-lo. A C. e o S. adoram dar beijinhos, festinhas, sentir os pontapés e movimentos do Vicente, gostam de falar com ele e cantar e perguntam todos os dias quando é que nasce o irmão. Com as malas feitas, a dele e a minha, e o quarto já quase pronto, esta semana montei o carrinho que já está "estacionado" à porta de casa. Escusado será dizer que eles adoram mexer no carro, travar, destravar e dar uma volta na sala. São crianças, é inevitável, mas acho-lhes imensa graça pela sua inocência e espontaneidade.
Sendo o terceiro filho seria natural usar o mesmo carro do S. e da C., que entretanto também já foi usado por uma sobrinha e é ótimo, mas ocupa imeeeeenso espaço, coisa que agora faz toda a diferença. A logística e dificuldade de conseguir colocar duas cadeiras do grupo 2 e um ovo é difícil, quanto mais ter espaço para o chassi do carrinho na bagageira quando vamos para qualquer lado carregados de malas e de todos os acessórios que são precisos para um bebé, independentemente de ser um fim de semana ou umas férias de quinze dias.
Escolhemos o Urban da Chicco por causa do seu design atual, com linhas modernas, e pelo facto de ocupar significativamente menos espaço do que o Quinny Buzz, que era o nosso anterior. Para além disso, o trio já vem com a alcofa, não é uma peça à parte, aliás achei graça ser um trio com apenas duas peças precisamente porque a alcofa é transformável em qualquer momento no assento do carrinho, o que faz dele prático, versátil e economizador de espaço. Nunca usei alcofa no S. e na C. porque o meu carro anterior não tinha essa opção, mas reconheço que tem imensa utilidade quando eles são pequeninos e queremos fazer passeios maiores ou até estar em casa de amigos durante mais tempo. Na alcofa podem dormir numa posição bem mais confortável do que no ovo, daí ter gostado de ter esta hipótese. Outra vantagem foi o facto de ter um cesto grande em baixo que dá para levar imensa coisa, do género a manta, os casacos deles, colocar a nossa carteira, e muito mais.
Para além disso, este trio pode ser personalizado com os "color packs", ou seja, podemos mudar a cor do carrinho/alcofa com alguma frequência, bastando para isso comprar o color pack que mais gostamos naquele momento. Escolhi a cor beige por ser neutra e clara q.b., mas também gosto imenso do rosa para as meninas ou do azul para os rapazes. Há ainda a opção de cinzento e encarnado, opções mais clássicas e que resultam sempre bem. De qualquer maneira, para já não vou dispensar a forra do ovinho e até da cadeira de passeio enquanto o Vicente for bebé porque acho mais querido e confortável.


*

Podem seguir-nos no Instagram em @myhappykids.


Babyshower do Vicente

Este domingo foi o dia do babyshower do Vicente, uma pequena festa em jeito de lanche com as minhas amigas que não podia ter sido melhor. Uma tarde descontraída, onde falámos de assuntos que só a nós mulheres nos interessam, onde rimos e nos divertimos sem grandes preocupações. O dia estava fantástico, o que nos permitiu usufruir do jardim e tirar algumas fotos que ficam para recordação e que não só eu, mas também o Vicente vamos adorar rever daqui a uns anos.
A organização do babyshower ficou nas mãos da "Que seja doce" e não podia ter corrido melhor. Reunimos numa tarde para eu passar as ideias do que queria, ouvi as sugestões da Maa, acertámos pormenores e o resultado ficou tal e qual como eu queria: simples e elegante, leve, descontraído, com um ar romântico e vintage. A decoração em tons de branco, muito branco, e uns apontamentos de azul claro pastel, o backdrop da mesa principal do babyshower e as flores nos tons da festa ajudaram a compor o cenário. O bolo alto, tal como eu gosto, a cobertura de chantilly rendilhada, o topper em tecido e a massa não podiam estar melhores, eu adorei e as minhas amigas também. Os doces e salgados em doses individuais estavam igualmente fantásticos e a limonada uma delícia.
Foi uma tarde inesquecível que não vou esquecer jamais.


Eu com vestido Massimo Dutti (Verão 2014).
Salvador e Carminho com conjunto Nícoli (já da nova coleção).


*

Podem seguir-nos no Instagram em @myhappykids.


Ainda há dúvidas?

Quando estive grávida do Salvador há 6 anos, o tema da criopreservação das células estaminais esteve naturalmente em cima da mesa. Ouvimos familiares e amigos, lemos alguns artigos e a opção foi fácil de tomar.
Nessa altura, havia dúvidas sobre a probabilidade da utilização do sangue do cordão umbilical, aliás ainda as há, se bem que menos, e apesar de alguns estudos demonstrarem as suas limitações, para mim chega saber que é a hipótese de salvar a vida de um filho a um preço que considero justo.
Criopreservar é como fazer um seguro de vida, mas daqueles que nós não queremos utilizar. Como costumo dizer, espero nunca vir a rentabilizar o investimento que fiz quando criopreservei as células do Salvador e da Carminho.
Hoje em dia já não se criopreserva apenas as células estaminais do sangue do cordão umbilical, mas também as células mesenquimais do tecido. Um avanço da ciência e da medicina neste últimos anos, que reforça as possibilidades de utilização destas células, que devido às suas características, já podem ser utilizadas em mais de 60 doenças.
Agora que estou grávida pela terceira vez nem hesitei quando me perguntaram se ia criopreservar, claro que sim. As probabilidades de compatibilidade de cada um deles entre si é de apenas 25%, sendo que apenas o próprio tem 100% de histocompatibilidade. Acredito que criopreservar é guardar uma fonte de vida e por isso o kit já cá está em casa, pronto para ser levado para a maternidade.

O Salvador e a Carminho no 2.º e 1.º dia de vida respetivamente.

*

Podem seguir-nos no Instagram em @myhappykids.



A minha mala da maternidade - o que vou levar

Hoje terminei de separar e arrumar tudo o que preciso para levar para a maternidade. Na minha mala vão as peças que considero essenciais e que me dão conforto, que me fazem sentir em casa. O hospital onde vai nascer o Vicente é o mesmo do Salvador e da Carminho, de maneira que já sei o que devo esperar e o que devo levar, o que é uma ajuda. Na minha mala levo:
- 4 camisas de maternidade
- 1 robe de quarto
- 1 chinelos de quarto 
- 4 cuecas e soutiens de amamentação
- 1 pacote de cuecas descartáveis 
- 1 conjunto de roupa para o dia da saída
- necessaire com os meus essenciais
- foto minha com o Salvador e a Carminho para ter na mesa de cabeceira
- iPad para o caso de me apetecer usar (tanto do S como da C li revistas no 2.º e 3.º dia)
- máquina fotográfica e respetivo carregador.

Vela Ladurée | Perfume Burberry Brit | Creme de corpo, champô e condicionador Kiehl´s | Necessaire em tecido Zara Home nova coleção | Creme de dia, séruns, base e contorno de olhos Estée Lauder | Creme de noite Depiderm da Uriage | Pó Chanel | Pincel Sephora.

Chinelos de quarto Oysho | Camisas de maternidade e robe Teresa Alecrim e 
Moments de Bonheur | iPad com capa Marc by Marc Jacobs.

No meu necessaire vai:
- shampô, amaciador e gel duche que uso habitualmente em doses pequenas (geralmente os hospitais têm mas eu prefiro usar os meus) da Kiehl´s
- sérum e hidratação de dia e noite para a cara e olhos (para minimizar as olheiras) da Estée Lauder e Uriage
- discos descartáveis para olhos inchados da Thalgo
- tónico para a pele e desmaquilhante da Uriage
- perfume Burberry Brit
- toalhetes e discos de algodão desmaquilhantes
- toalhetes e discos de amamentação
- pensos higiénicos
- escova e pasta de dentes
- um elástico e ganchos para o cabelo
- escova de cabelo
- secador (prefiro usar o meu).

Se os quartos para onde vão não forem privativos sugiro que levem a vossa toalha de rosto e de corpo. Vejam o post em conjunto com este.

Saco de viagem Carolina Herrera.

E já está! :)

*

Podem seguir-nos no Instagram em @myhappykids.


A mala da maternidade - o que levar

Agora sim, já tenho tudo pronto :) 36 semanas que passaram a voar, especialmente estas últimas de Setembro, motivadas pela entrada do S. no 1.º ano e mudança de colégio dos dois, que está a correr lindamente.
As malas estão feitas e aguardam pela sua hora no quarto do Vicente, faltam cerca de 2 semanas (3 acho difícil) para o grande dia, o dia em que vou poder ver ao vivo e a cores o meu bebé querido, que se mexe tanto e que estou em pulgas para conhecer.
Na mala da maternidade dele tenho as roupas dos primeiros dias e não só. A lista que aconselho e que é o resultado da lista que eu usei do Salvador e da Carminho é a seguinte:
- 4 conjuntos completos de roupa para os primeiros dias -  body, chambre, camisola ou casaco de malha*, cueiro ou fofo ou tapa-fraldas, collants ou meias*, touca;
- 4 babygrows/pijamas e body interior - para dormir à noite;
- 1 toalha para o 1.º banho e seguintes;
- 1 manta em algodão ou lã para o dia da saída;
- 2 duas fraldas de pano;
- 4 babetes;
- 1 saco da roupa suja;
- 1 muda-fraldas;
- 1 pacote de fraldas descartáveis tamanho 1;
- o necessaire com os produtos de higiene.

*No primeiro dia, mesmo que seja Verão é essencial vestir-se uma malha porque os recém-nascidos ainda não sabem regular a sua temperatura e uma touca de malha também dado que perdem calor pela cabeça. Nos restantes pode ser ou não necessário, se bem que os que nascem a partir de Setembro precisarão seguramente. Não levo nada em lã, a não ser a camisola e a touca do primeiro dia, e levo collants de algodão porque não está ainda assim tanto frio. Quando nascem no Verão prefiro usar meias em vez de collants, com exceção do primeiro dia. Agora do Vicente vou usar as meias para colocar por dentro do babygrow quando ele for dormir à noite.


Escolhi a mala de maternidade e necessaire da Pasito a Pasito, uma marca que adoro e que uso desde o Salvador. Gosto especialmente desta linha em pele, com tons clarinhos como eu gosto, mas que é facilmente lavável caso se suje.

Ver este post em conjunto com este.

*

Podem seguir-nos no Instagram em @myhappykids.

Pés de Cereja

Esta semana estivemos na Pés de Cereja a conhecer a nova coleção de Outono-Inverno, uma sapataria giríssima onde a C. e o S. adoraram estar e eu fiquei fã. Uma oferta super completa de calçado de todo o género, desde as carneiras clássicas do dia-a-dia, galochas e botins aos sapatos de festa e dias mais especiais. Cores originais, sapatos de bebé apetitosos e para completar meias Condor e laços Cuini, tudo no mesmo espaço. Uma loja que tem de passar a fazer parte do vosso roteiro de compras, que fica no Centro Comercial Amoreiras, piso 0, bem no centro de Lisboa. 


Muito em breve mostro-vos o que escolhemos: galochas para os dois, sapatos tipo feijão em bordeaux e uma botas giríssimas para mim. 

A C. com vestido e S. com túnica Mix it, calças KNOT.
Eu com blusa e calças Zara.

*

Podem seguir-nos no Instagram em @myhappykids.


A mala da maternidade - primeiros kits

Quase a entrar na semana 36 e ainda sem as malas feitas...
Os conjuntos dos primeiros dias já estão escolhidos e guardados nos respetivos sacos de pano, assim como os acessórios que vou levar, mas ainda não coloquei tudo dentro da mala, incluindo fraldas e produtos de higiene. As malas que escolhi chegaram hoje, de maneira que essa será a tarefa de amanhã.
A escolha dos primeiros kits não foi fácil porque, apesar de ser o terceiro, o baby Vicente tem muitos conjuntos para estrear, todos eles queridos e apetitosos. Acabei por optar mais por cueiros e deixar os fofos e conjuntos de malha para depois, já que gosto de ver bebés com cueiros essencialmente quando são recém-nascidos.
Para o primeiro dia escolhi um conjunto da Mariadelina, que adoro e deve fazer parte de qualquer enxoval de bebé. Todos as primeiras roupas dos meus são Mariadelina, assim como aqueles objetos mais especiais: berço e vestido de baptizado.
Levo também o primeiro cueiro do Salvador, que foi o que a Carminho usou quando saiu da maternidade, e será o segundo do Vicente. Só vou mudar o chambre e o casaco/camisola de malha.

Os conjuntos dos dois primeiros dias, ambos da Mariadelina. 

Detalhes dos conjuntos.

Para o terceiro dia o conjunto será este cueiro querido em malha e piqué da Bebexik e no dia de regresso a casa provavelmente este. Levo ainda um suplente para o caso do Vicente se sujar ou eu mudar de ideias.
Pijamas babygrows escolhidos, bodies com e sem gola todos de manga comprida para colocar por baixo, meias, toucas e sapatinhos de malha. Já separei também a manta de lã para a saída, as fraldas de pano, o saco da roupa suja e a corrente da chucha.

Babygrows Laranjinha e Maria Bianca.

Os sacos da roupa para os quatro dias, todos usados pelo Salvador e pela Carminho, com a excepção do personalizado, que faz parte do enxoval Moments de Bonheur.

Manta personalizada Wedoble, muda fraldas de pano Teresa Alecrim (era do Salvador), saco da roupa suja com ursinho da Zara Home (antigo), porta-chucha Pasito a Pasito e fralda de pano Moments de Bonheur.

*

Podem seguir-nos no Instagram em @myhappykids.

Confortável mas gira

Agora que o Vicente está quase a nascer é inevitável pensar nos aspetos mais práticos do pós-parto, nomeadamente na fase de amamentação e das suas necessidades para nós mães. Apesar de ser a favor da amamentação, não vale a pena mentir e dizer que é tudo um mar de rosas, porque não é. Para além dos incómodos físicos e alterações hormonais que caracterizam o início do pós-parto e da amamentação, é fundamental que nos sintamos confortáveis mas giras. Nada de andar a vaguear pela casa de pijama e roupão o dia inteiro, de não tomar banho porque há mil e uma coisas para fazer e de chegar ao fim do dia com ar de que acabámos de acordar. Isso não é bom para nós, nem para o bebé, nem para o casal. Há que imprimir normalidade aos nossos dias para evitar as depressões pós-parto e outros problemas do género.
No geral, os soutiens de amamentação não são propriamente a peça mais gira e que nos apeteça vestir, mas são essenciais nesta fase, de maneira que encontrar uns soutiens bons e com pinta foi a minha missão nas últimas semanas. Conheci a Bra&Company há cerca de dois meses, uma marca Portuguesa de aconselhamento de lingerie, sediada em Lisboa, que tem soutiens ótimos e bem giros, incluindo os de amamentação. Aceitei o convite e experimentei este serviço, onde aprendi algumas coisas que desconhecia por completo e que não me vou esquecer tão cedo.
Fiquei apaixonada por uns soutiens de amamentação super originais, com modelos que podem ser alterados e padrões giríssimos, tais como florinhas e mini-leopardo. Naturalmente que o branco, cor de pele e preto também estão disponíveis, sendo que o cor de pele e preto são essenciais no meu closet.


Agora um presente para as futuras ou recém-mamãs que ainda estão a amamentar :) A Bra&Company tem uma sessão de aconselhamento de lingerie com oferta de um soutien de amamentação para oferecer a uma leitora do Blog My happy kids. Para participarem só precisam de:


1. Fazer Gosto na página de Facebook da Bra&Company e do blog.
2. Deixar um comentário no post do Facebook ou aqui que diga "Confortável mas gira" (as participações no blog devem incluir o link do mural de Facebook).
3. Partilhar este post no vosso mural (partilha pública).

Válida uma participação por pessoa no blog + 1 no Facebook.

Válido até 24 de Setembro. Os vencedores serão apurados via Random.org e anunciados dia 25.

*

Podem seguir-nos no Instagram em @myhappykids.

A segunda metade

Ontem falei-vos aqui da minha sessão na Spoil com 34 semanas de gravidez do Vicente Maria, mas não vos mostrei todas as fotos. Fotografei basicamente três looks diferentes, um super descontraído (que já vos mostrei) e os outros dois mais arranjados, perfeitos também para o dia a dia, seja em trabalho ou para um jantar.

Blusa Uterque e calções Zara (coleção anterior). Sandálias D.I.X.O.

Jumpsuit To-Get-Her Porto.
Colar Maria Galhardo e sandálias Lanidor.

*

Podem seguir-nos no Instagram em @myhappykids.


34 Semanas e meia

A propósito da entrada no último mês de gravidez decidi fazer esta sessão em estúdio, a primeira, nas mãos das melhores profissionais nesta área. Imagino que já tenham ouvido falar na Spoil e nos trabalhos fantásticos desta dupla. Adorei a confiança, o à vontade e o ambiente de toda a sessão.
Escolhi um look super descontraído com jeans e uma blusa de seda em cru, um registo em que qualquer uma de nós se sente bem, certo? Apesar de ainda conseguir vestir a maioria das minhas calças de não grávida, sem dúvida que uns bons jeans de maternidade fazem sempre falta a uma grávida, onde tudo fica no sítio e o conforto é a palavra de ordem. De todas as que já experimentei, estas da Salsa são as melhores, recomendo vivamente. Há neste tom de ganga, em ganga escura e em preto, clássicos e essenciais que nunca saem de moda, porque há peças que valem a pena o investimento.


Fotografia: Spoil.

Blusa Zara e jeans de maternidade Salsa.
Fio com serpente e anel HLC Jewelry.
Sandálias Lanidor.


*

Podem seguir-nos no Instagram em @myhappykids.


O que se vai usar este Inverno

As novas coleções Outono-Inverno para as crianças já estão nas lojas desde o final do mês passado e agora que entrámos em Setembro e muito em breve as temperaturas começarão a descer, está na altura de saber o que se vai usar este Inverno para fazer as compras acertadas. Compras conscientes, as peças certas, desde os básicos aos acessórios, para um consumo mais equilibrado e menos compulsivo.
Este ano, nos desfiles e campanhas editoriais viu-se muito bordeaux, beringela, todos os tons de cinzento, preto q.b., verde seco, caqui, chumbo, camel, tons terra, azul escuro, algum rosa velho e o eterno pérola que se viu em peças mais românticas e especiais. Quanto a tecidos, a lã, a fazenda e o veludo são reis, conjugados com sarjas, algodões quentes e bombazine. Os padrões quase não existem e  a cor única (lisos) é rainha, com alguns xadrezes, riscas horizontais e estrelinhas.
Em Portugal as novas coleções ainda estão muito no início, outras só serão lançadas nas próximas duas semanas, de maneira que para já deixo-vos apenas com as propostas internacionais.




 1 e 2 - Emile et Ilda | 3 - Pom d´Api 


1 e 2 - Bellerose | 3 - Macali

1 e 2 - Hucklebones | 3 - Macali




Todas estas imagens estão no meu Pinterest.


*

Podem seguir-nos no Instagram em @myhappykids.