Pelas mães de cesariana

Não consigo imaginar o cenário de ir para uma cesariana programada sabendo que iria sozinha e que o P. não poderia estar presente. O parto é um momento único, aquele em que ouvimos pela primeira vez o nosso bebé chorar, que o vemos, sentimos e passamos a amar ainda mais. Tive a sorte de ter tido os três num hospital privado em que permitem a presença do pai, mas sei de muitas, demasiadas mães que têm de passar por todo o processo sozinhas. Sozinhas não só na preparação mas principalmente quando tudo começa, naqueles quase trinta minutos que parecem uma eternidade, tudo para que os nossos bebés nasçam da melhor forma. São momentos de dúvida e incerteza que se tornam bem mais fáceis quando temos o pai ao nosso lado (neste caso atrás). Depois eles vêem ao mundo e a sensação é única, mas disso imagino que saibam do que falo, já que independentemente da via pelo qual os nossos bebés nascem, aquele momento é único, memorável e indescritível.
Para que outras mães, todas as que têm uma cesariana programada e de baixo risco, possam ter o pai (ou outra pessoa significativa) com elas durante o parto eu assinei esta petição. Se o quiserem fazer estarão a ajudar outras mães a ser mais felizes durante este momento tão especial. Porque nós merecemos!


*

Podem seguir-nos no Instagram em @myhappykids.

3 comentários :

  1. Muito obrigada por partilhar. Os meus dois filhos nasceram por cesariana. Na primeira não foi permitida a entrada do pai, no segundo vestiu-se a rigor e conseguiu entrar no bloco. Muito melhor :)

    ResponderEliminar
  2. Finalmente, esta Petição vai ser apreciada em Reunião Plenária, dia 6 de Janeiro de 2016, às 15h00!!
    Obrigada pelo apoio!
    "Exma. Senhora Mónica Barbosa,
    Encarrega-me o Excelentíssimo Senhor Presidente da Assembleia da República de informar V. Exa. que, na Conferência de Lideres dos Grupos Parlamentares efetuada no dia 16 de dezembro de 2015, foi deliberado agendar a Apreciação em Reunião Plenária da Petição n.º 513/XII/4ª para o próximo dia 6 de janeiro de 2016, a partir das 15h00m.
    Informa-se que, nos termos do Regimento da Assembleia da República, as Reuniões Plenárias são públicas, pelo que todos os cidadãos que, individualmente ou em grupos organizados, pretendam assistir, poderão aceder às galerias, por ordem de chegada e enquanto a capacidade das mesmas o permitir. O acesso às galerias da Sala das Sessões processa-se pela porta da Praça de S. Bento (porta lateral do Palácio de S. Bento), depois da apresentação, no controlo de segurança, dos respetivos documentos de identificação, sendo aconselhável que os visitantes não tragam volumes ou objetos pessoais como sacos, mochilas, máquinas fotográficas ou telemóveis. Caso transportem consigo estes objetos, os procedimentos de segurança à entrada serão mais demorados, visto que será necessário guardar esses objetos. Alerta-se V. Exa. para o facto de, sobretudo nos dias de maior afluxo de público, a entrada no edifício e a passagem pelo controlo de segurança poderem estar sujeitas a demora.
    Será da maior utilidade que, caso V. Exa. tenha antecipadamente conhecimento do número e identificação das pessoas que o acompanharão, sobretudo se estiver previsto um grande número de pessoas para assistirem - por exemplo, 20 ou mais pessoas - que nos faça chegar essa indicação, enviando-a atempadamente, por email, para CIC.RP@ar.parlamento.pt (Centro de Informação ao Cidadão e Relações Públicas) de modo a que os procedimentos de segurança à entrada sejam mais rápidos.
    Com os melhores cumprimentos,
    João Silva
    Técnico de Apoio Parlamentar
    Divisão de Apoio às Comissões"

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!