Sobre a polémica do xadrez

Nos últimos dias tenho recebido alguns comentários e questões relativas à utilização de xadrez para os kits de Natal das crianças. Realmente nos últimos anos tenho fugido a este padrão, não por não gostar mas provavelmente porque não adoro clichés e prefiro fugir ao óbvio, não só aqui como noutras questões. Ao mesmo tempo, não me choca nada que se use xadrez no Natal (ou em qualquer outra altura do ano), mas por opção pessoal tenho escolhido outras soluções.
Gosto mais do xadrez com fundo branco ou cinza do que o verde ou encarnado, no entanto, nem só destas cores vive o Natal. Acho amoroso ver os miúdos com peças em xadrez e os complementos certos, como vos mostrei aqui neste post, mas também adoro vê-los com tecidos lisos ou padrões menos evidentes.
Fazendo uma retrospetiva, os últimos Natais têm sido assim...




Vendo bem, com mais pormenor, incluí xadrez em 2012 e 2014 mas em cores e padrões/conjugações menos comuns. Fica a ideia de que é possível usar xadrez, tecidos lisos ou qualquer outro padrão no Natal, o que interessa é que eles fiquem queridos, o que não é difícil já que são crianças :)

Agora, o countdown para o final do ano...

*



3 comentários :

  1. Nem sabia que havia polémica em torno deste assunto :) Eu adorooo vestir a filhota com xadrez, acho que faz todo o sentido nesta quadra, Tento é sempre variar nos tons , mas claro que como em tudo é uma questão de gosto.
    bjinho e bom ano
    Fernanda Freitas

    ResponderEliminar
  2. Ficaram fofinhos com todos os looks!

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Desconhecia a polémica! Adoro vesti-los com padrões diversos, riscas, fazenda em espinha, xadrez, flores e bolinhas...quando crescerem poderão vestir-se como quiserem!

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!