Mais saúde para todos

Todas sabemos que o acesso aos cuidados de saúde em Portugal ainda tem algumas limitações. O Serviço Nacional de Saúde, tendencialmente gratuito e universal, não consegue muitas vezes dar resposta às necessidades da população. Recordo-me de quando trabalhei em meio hospitalar, que o acesso às consultas de Dietética e Nutrição era muito limitado, com listas de espera de 3 a 6 meses e em que era necessário ser referenciado por um médico assistente ou especialista para poder usufruir das mesmas. Se pensarmos na medicina dentária, psicologia ou até oftalmologia, o cenário é semelhante, por isso a DECO está a negociar com o sector privado o acesso a consultasmédicas mais baratas nas áreas em que o acesso às mesmas é mais limitado.

Para as que estão mais atentas às notícias, o Governo prometeu melhorar o acesso a estas especialidades clínicas até ao ano de 2018, nomeadamente através dos cuidados de saúde primários, daí a DECO ter tomado esta iniciativa de negociar descontos com redes de prestadores privados de cuidados de saúde, com benefícios para todos nós.
Para poderem beneficiar de todos os descontos que a DECO está a negociar no setor privado, juntem-se gratuitamente a esta iniciativa e inscrevam-se no já em www.maissaudeja.pt. Aliás, o registo de todos conta, de maneira que para além da nossa inscrição, a dos nossos amigos e familiares também é importante, já que quantos mais formos melhor.

Como a saúde não se consegue apenas com consultas, antes pelo contrário, a prevenção é essencial para sermos saudáveis e diminuir a necessidade de acesso a estes cuidados de saúde, a DECO oferece a todos os que se inscreverem gratuitamente na plataforma dois conjuntos de receitas, a pensar por exemplo na prevenção das doenças cardiovasculares e na promoção de um estilo de vida saudável.


Post feito em colaboração com a DECO.

 *


Sem comentários :

Enviar um comentário

Obrigada pelo seu comentário!