O final do ano escolar cá em casa

Com três filhos e dois deles em idade escolar, confesso que os finais de dia não têm sido fáceis. Cá em casa a época de testes/fichas de avaliação começou na semana passada e termina nos próximos dias, felizmente! A preocupação acrescida de rever algumas matérias, fazer exercícios, preparar trabalhos tem sido uma constante ao final do dia, e tanto o Salvador como a Carminho já acusam alguma responsabilidade em ter os assuntos do colégio em dia.
Desde o primeiro momento que a Carminho tem sido mais focada e concentrada, comparativamente ao Salvador, algo que me parece habitual segundo os artigos que tenho lido, em que as meninas têm mais facilidade em se integrar no modelo de ensino que temos. Nas aulas está sempre super atenta, adora escrever, fazer os trabalhos, fazer pesquisas (já desde o pré-escolar), projetos, desenhar, enfim, não tem dado "trabalho" nenhum. Já o Salvador tem sido mais o oposto, tem sido mais difícil e isso obriga-me (nos) enquanto Mãe (Pais) a encontrar formas de o motivar e potenciar as suas qualidades.
Resumindo, os finais de dia têm sido passados à mesa ou à secretária a estudar ou a fazer trabalhos, com o Vicente a trepar para cima de mim, a pedir atenção e a querer brincar, o mesmo com a Carminho, que interrompe inúmeras vezes o Salvador e tenta mostrar o ar da sua graça, o que deixa o Salvador ou contente (porque foi interrompido) ou irritado (porque quer terminar o que está a fazer). Fico cansada mentalmente, depois de um dia de trabalho, de ainda ter de estar a fazer esta parte, mas por outro lado sei que é essencial. É aqui que o caos se instala e que percebemos que teria sido muito mais fácil se eles fossem menos ou se tivessem mais intervalo de idades... mas logo desço à terra e convenço-me das outras inúmeras vantagens de ter três filhos e de idades próximas. Mas que cansa, cansa! E convosco, como tem sido?

Fotos d´aqui.

3 comentários :

  1. Igual Filipa, cá em casa também é assim. E com uma no 5º ano e outra no 4º é preciso mesmo estudar e acompanhar.
    Tudo de bom.

    Maggie

    ResponderEliminar
  2. O mesmo por aqui. O que vale é a diferença de idades (9 anos). Um no 12º (com exames este ano) e outra no 3º...

    ResponderEliminar
  3. Aqui é o mesmo. Tenho três, duas com provas de aferição (5° e 8°) e a mais nova com 5 anos, no fim do pré escolar e a querer atenção ao fim do dia. Há dias que penso que vou enlouquecer ��

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!