O Vicente foi para a escola

O Vicente fez dois anos e meio em abril e tem até então ficado em casa, à semelhança do que aconteceu com os irmãos, no entanto, ao contrário destes que foram para a escola aos dois anos, o Vicente só começou a ir há umas semanas atrás. Começou por ir umas manhãs, depois ficou para almoçar, dormir e na última semana passou a ficar até às 16h30. Este registo gradual pareceu-me ser o mais razoável e equilibrado, e sem dúvida que no caso do Vicentinho ajudou.
No primeiro dia fiquei quase uma hora e meia porque não conseguia sair da escola. Não me pareceu bem sair sem dizer nada, e por isso expliquei que a Mãe ia embora, mas que o Pai ia busca-lo dali a pouco tempo. Posto isto começou a chorar a dizer que queria que a mamã ficasse, "não vai embora". E assim foi, até que saí quando foram do jardim e para dentro começar a rotina do final da manhã. Disse-me a educadora que quando saí e o Vicente se apercebeu de que eu me tinha ido embora começou a chorar, chorou muito, copiosamente, mas felizmente pouco tempo depois o Pai foi busca-lo e ficou com ele em casa, muito choroso, a precisar de mimo, parecia que se tinha sentido abandonado :(
Nos dois dias seguintes já não fui eu leva-lo porque geralmente levo os mais velhos ao colégio e saio cedo, antes das oito, para ir trabalhar, por isso o Vicente foi com o Pedro, que saiu sorrateiramente da escola e o Vicente, quando se apercebeu que estava "sozinho", começou novamente a chorar... Foi assim dois dias, até que na sexta-feira começou a dizer em casa que não queria ir e nós não forçámos! Deixei-o em casa da minha mãe, o Vi ADORA, e fui busca-lo ao final do dia, feliz e contente.
Passou-se o fim de semana e na segunda retomámos a rotina. Progressivamente foi correndo melhor, até que chegou o momento de deixa-lo almoçar na escola, e na semana passada começou a dormir. Teve a sua primeira aula de ginástica - que amou!, assim como a primeira de música, foi um excitex que só visto!! :) Cá em casa imitou o que fez na escola, "pa cima e pa baixo" "pofissor Paulo". Muito bom! 
Hoje ainda choramingou quando o P. o foi levar mas aos poucos vai entrando da rotina. Apesar da dificuldade no momento da separação, percebemos que o Vicente está super feliz por poder estar com outras crianças e ter novos desafios. Cá em casa ajuda-nos a fazer com que o Vi também perceba que não é o "centro do mundo", que é normal ser contrariado e que é bom crescer com outras crianças. 
Tem sido muito giro e gratificante acompanhar este crescimento e evolução do Vicente, que tem sido bastante diferente dos irmãos, já que ficaram logo desde o início na escola com bastante facilidade. Para ajudar a facilitar este processo, falamos da escola como um sítio onde vai "brincar com os meninos", e não "aprender", ou algo parecido. E vocês, que estratégias usaram? Como foi o período de adaptação?


Camisa Tu Chique // Colar de âmbar Terços da Lupinha - edição especial para o KIDS MARKET // Sapatos Pisamonas.


1 comentário :

  1. Olá Filipa. Aqui por casa foi semelhante. A Mariana entrou o ano passado pouco tempo antes de fazer os dois anos. Foi gradual como o Vincente. Inicilmente chorava. Mas foi também percebendo a rotina. Também lhe diziamos e dizemos ainda que vai brincar com os amigos e vemos uma boa evolução porque já começa a ser ela a dizer hoje vou à escolinha fazer desenhos, aprender músicas.
    É fantástico vê-los crescer.
    Beijinhos tudo a correr bem.
    Sara

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!