Quase de férias

O countdown para as férias grandes já começou, falta precisamente uma semana para irmos para o spot habitual no Algarve. Mas antes disso, ainda temos os anos da Carminho na segunda-feira, a festa com os amigos no sábado, e domingo lá vamos nós. Vão ser duas semanas aproveitadas até à última gota, até porque este ano vou tirar apenas duas semanas em vez de três.
Lembram-se de ter partilhado convosco que andava super cansada a todos os níveis? Pois é, depois de quase 10 dias adoentada, primeiro com constipação, depois com sinusite e por fim com uma infeção respiratória... O sistema imunitário está diretamente relacionado com o stress e o sistema nervoso, e no meu caso não falha. Sempre que passo por períodos de grande stress e cansaço, o meu corpo ressente-se. Há dois dias que estou fechada em casa, na tentativa de recuperar o mais depressa possível para o dia de anos da Carminho.
De terça a sexta vou ter de fazer quatro malas (help!) e preparar uma festa, vai ser a loucura! Depois o cenário vai ser praia, piscina, almoços e jantares descansados, com amigos e família. Vamos a isso! Neste contexto, aproveito para partilhar convosco umas fotos que fiz há uns fins de semana atrás, quando estivemos no sítio do costume. A Carminho está uma crescida, aliás, estão todos. O Salvador parece um pré-adolescente e o Vicente já quase que não é bebé, está a três meses de fazer três anos.

 Fatos de banho Amikko.
Tshirts Nós e Tranças.

8 comentários :

  1. Que filhos mais queridos e a Carminho está tão crescida!! Ainda me lembro dela pequenina <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada :) o tempo voa e apercebemo-nos disso ainda mais quando paramos para pensar e refletir as coisas.

      Eliminar
  2. Credo...devem tanto à beleza. Podia evitar expo-los.
    E digo-lhe,tenho uma pena de si e da sua vida difícil. É que não há direito, vejamos: duas semanas de férias em vez de três (inadmissível), quatro malas para fazer (c'orror)... Trabalho e vida de casa. Realmente é uma heroína, não sei como é que ainda não tem uma estátua.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia, de facto não sou uma heroína, mas acordo todos os dias às 6:30 da manhã, saio de casa com os meus filhos às 8h, estou 1h30 no trânsito, chego ao trabalho às 9:30, tenho o privilégio de trabalhar onde gosto, num projeto desenvolvido por mim. Saio do trabalho, chego a casa entre as 19h e as 20h, estou com os meus filhos até irem para a cama, por volta das 21:30. Depois disso, ainda vou para o computador, responder a e-mails e publicar posts, preparar o dia seguinte e finalmente vou dormir.
      Com as suas observações idiotas - sim porque consigo identificar o tom e a forma de escrever noutros comentários que nem chegaram a ser publicados, precisamente porque são ofensa gratuita pura - das duas uma: ou não é mãe e não faz ideia do que é ter 3 filhos e trabalhar a tempo inteiro, ou é mãe e é uma invejosa de primeira, que não tem vergonha em vir aqui escrever o que escreve. Gostava que dissesse o mesmo dos seus filhos?!

      Eliminar
    2. Ah... Como adoro o argumento da inveja, juro! Na blogosfera quando um leitor tem a ousadia de pensar pela sua cabeça e ir contra o que a blogger escreve, é invejoso. Adoro!
      Portanto faz o que fazem milhares de mães, com a agravante de que as outras mães além de tudo o que refere ainda têm que preparar refeições e tratar da casa, como limpar, lavar, deitar, apanhar, passar, guardar roupas... Experimente chegar à hora que chega e ainda ter que fazer tudo o que referi e depois diga-me qualquer coisa, sim? Irá ver que afinal até nem tem muito por que se queixar.
      Enfim, sim, o tom é exatamente o que leu.

      Eliminar
    3. Ora nem mais! Por isso é que olho sempre à minha volta e percebo que sou uma sortuda. Mas pela sua ordem de ideias ninguém tem direito a "queixar-se" porque devíamos ter vergonha já que há sempre alguém em pior situação do que nós. Pensemos nas mulheres com dois e três trabalhos, com vencimentos miseráveis, pensemos nas mulheres que vivem em países onde há guerra, pensemos em África onde impera a sobrevivência...
      Tem todo o direto a criticar o que escrevo, só penso que deveria abster-se de comentar gratuitamente os meus filhos. Devem muito à beleza? Em momento algum escrevi acerca da sua beleza? Credo?!?! E já agora, como qualquer outra mãe, acho que os meus filhos são lindos!

      Eliminar
    4. Que idiotice de comentário. Dizer que os filhos da Filipa devem à beleza é que é caso para dizer credo! Independentemente de serem ou não bonitos, é uma vergonha atacar uma mae através das crianças. Um absurdo! Se é mãe, mais uma razão para ter vergonha na cara, que má formação...

      Eliminar
  3. Olá Filipa. O seu spot é o mesmo que o meu... tão bom. Mas a mim ainda me falta um mês para lá chegar... e também para 15 dias de puro descanso. UF! Boas férias para si.

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu comentário!