Os nossos bebés

Já há algum tempo que o Salvador e a Carminho pediam para ter um cão. Começaram por falar no assunto, até que todos os dias pesquisavam fotos dos cães que queriam ter e mostravam-nos. O caminho para o colégio de manhã era passado a falar em cães, desde as raças que mais gostavam, as vantagens de escolher este ou aquele cão, entre outros pormenores.
A Carminho sempre quis um Yorkshire Terrier, já o Salvador começou por pedir um Bulldog Francês, mas depois mudou de ideias e escolheu o Pug, porque era mais giro na sua opinião, com as orelhas para baixo. No início dissemos que não, nem pensar, até porque já temos um cão, a Carlota, que foi oferecida ao Salvador quando ele fez 1 ano. Por ser grande acabou por ficar na rua, como cão de guarda, e o contacto connosco e com eles é relativamente limitado, apesar de todos a adorarmos. Os miúdos gostam particularmente de dar-lhe os biscoitos com vitaminas e a Carlota também vibra com a brincadeira, adora crianças, é uma querida!
Ter um cão ou animal de estimação é uma enorme mais-valia quando se tem crianças, por incutir-lhes responsabilidade e autonomia, já que têm alguém para tomar conta, dar atenção, passear todos os dias, dar-lhes comida, limpar os chichis e cocós, ensina-los, entre outras coisas. Quando comecei a equacionar aceder ao pedido deles, fiz questão de lhes explicar que ter um cão não implicava apenas o lado bom da coisa, mas também os deveres associados, e a necessidade constante de lhes dar atenção e mimo.
Já se passaram duas semanas e o Salvador e a Carminho continuam apaixonados pelos cães. Para já eles ainda não podem sair, porque têm menos de três meses e ainda lhes falta uma vacina, mas cá em casa a alegria tem sido mais que muita com os nossos novos bebés: o Bubbles e o Macarron. Os nomes foram escolhidos por eles, no caso do Salvador, assim que viu o Pug disse logo que se ia chamar Bubbles, já tinha pensado no assunto a sério. A Carminho ficou na dúvida, pensou em Biscoito, Marshmallow, adorou a ideia de Linguini, mas quando lhe sugeri Macarron, agarrou o nome e não quis deixar mais.
Para já o Bubbles é super mexido, está sempre a provocar o irmão, a roer e a lamber tudo e todos, e o Macarron é um querido, bem mais calmo, que adora colo e mimo. Eu, que sempre quis ter um cão mas nunca tive porque vivia num apartamento, estou a adorar a ideia e sem dúvida que a alegria deles compensa o lado menos bom da constante limpeza.


KIDS MARKET Summer Edition | 14 e 15 de abril | Cavalariças do Pestana Palace Lisboa

Sem comentários :

Enviar um comentário

Obrigada pelo seu comentário!